O que uma MÃE ao ensinar os CUIDADOS com um bebê pode ajudar na Gestão de Pessoas.

Investimos muita energia em atividades que não são tão essenciais e esquecemos daquelas que são mais críticas.

Você que é gestor sabe muito bem o quanto é difícil buscar o comprometimento das pessoas naquilo que precisa ser feito, especialmente, nas atividades onde o erro é crítico.

Na empresa, algumas atividades são consideradas mais essenciais e exigem maior treinamento e cuidado, como por exemplo, treinamentos para quem tem o contato direto com o cliente, que finalizam processos, controlam a qualidade, entre outros.

E para ajudá-lo a melhorar esse comprometimento, siga o exemplo da mãe ao ensinar uma pessoa os cuidados com um bebê.

Por mais que todas as atividades domésticas sejam importantes e mesmo que a mãe confie na sua empregada, ela não “arreda o pé” de acompanhar os cuidados com o bebê. Questionando se está sendo bem cuidado, acompanha no banho, nos machucados, e se ela desconfiar de alguma coisa... COITADA!

Essa é a atenção e o cuidado que devemos ter.

Na maioria das vezes investimos muita energia em atividades que não são tão essenciais e esquecemos daquelas que são mais críticas.

Então, pense nisso e deixe aqui as suas dúvidas ou contribuições, que vou fazer o possível para responde-las.


#conteudo2#

#htmlPersonalizado#