Homenagem ao Dia do Trabalho

Quem de nós nunca parou para refletir sobre o trabalho, seja para uma mudança, seja para um aumento de renda, seja para começar ou para parar de trabalhar?

Certamente muitos. E é sobre esse tema tão presente nas nossas vidas que descrevi algumas provocações para pensar neste Dia do Trabalho.

Independentemente da forma como você percebe o trabalho, vale a pena estas reflexões.

Quando estive na Rússia, visitei algumas das belíssimas estações de metrô de Moscow. Em uma delas havia uma estátua de Alexei Stakhanov. Segundo o guia que nos acompanhava, esta estátua era em homenagem a  um mineiro que se destacou pela produtividade no trabalho. Fiquei muito curiosa para saber mais sobre esse personagem. Chegando no hotel foi pesquisar sobre ele e descobri que ele defendia o aumento da produtividade operária com base na própria força de vontade dos trabalhadores. Segundo relatos, esse personagem sempre destacou-se dos demais colaboradores, esforço que rendeu-lhe a homenagem e admiração no mundo empresarial. Em quanto estudava sobre ele, lembrei-me dos colabores que também encontramos nas nossas empresas e que também merecem destaques pelos seus trabalhos. Isso motivou-me a escrever este texto.



FAÇA PARTE DA MINHA LISTA DE GESTORES CRIATIVOS
Informe Seu Melhor E-mail, Receba conteúdos exclusivos
e torne mais Fácil a Gestão da Sua Equipe!



O fato de estar citando esse personagem Russo para homenagear a passagem pelo Dia do Trabalho, não está simplesmente voltado na alta produtividade que esse homem era capaz de obter, mas sim, na sua força de vontade de fazer o melhor pelo seu trabalho.

Independentemente do conceito que você tem sobre o trabalho, gostaria de aproveitar essa data para fazer algumas provocações sobre esse assunto, visto atualmente estarmos passando por algumas mudanças significativas sobre ele.

Tenho acompanhado de perto o dia a dia dos empresários, e  o que mais tenho escutado deles, são comentários relacionados à dificuldade de encontrar gente comprometida com o trabalho. Por outro lado, tenho também acompanhado a carreira das pessoas dentro das organizações e o que mais tenho visto é a preocupação da maioria na sua formação em conseguir um emprego melhor, que ganhe mais, do que propriamente desenvolver-se para atingir o domínio de um saber, de uma técnica, ou mesmo de alcançar a satisfação. É uma realidade que me deixa um tanto preocupada.

            Eu não tenho dúvidas de que ao longo da nossa história do trabalho, desde a era da caça e da pesca, da indústria, da tecnologia, todas essas evoluções trouxeram mudanças significativas para o mundo do trabalho. A tecnologia evoluiu muito nos últimos anos, mas nem sempre para melhor, ela foi capaz de promover muitas novas possibilidades, novos modelos de negócios, novos empregos, mas por outro lado, nenhuma das evoluções, foi capaz de extinguir a miséria, a doença, a desigualdade social, mesmo que materialmente possível, pelo contrário, a sensação que se tem é a de que cada vez aumenta mais. Certamente num futuro muito próximo, não teremos mais algumas profissões que temos hoje, porém continuaremos vendo os mesmos problemas que haviam nos tempos mais remotos, se não repensarmos sobre o forma de conceber o trabalho em favor da vida.

            Defendo que juntamente com as mudanças que estão ocorrendo referente aos novos modelos de trabalhos, precisamos também repensar, dar um novo significado ao seu sentido. Agrada-me muito o conceito sobre o trabalho definido por Mario Sergio Cortella, filósofo, escritor, educador, palestrante e professor universitário brasileiro, que diz: “emprego é fonte de renda e trabalho é fonte de vida”.

            Sabe-se que esta data de 1º de maio – Dia do Trabalho, foi marcada por muitos eventos reivindicatórios e, ao mesmo tempo,  de algumas conquistas importantes para os trabalhadores como: salario mínimo (1940) e criação da Justiça do Trabalho (1941), mas a minha maior reivindicação para esta data, é convidar você a pensar e dar um novo sentido ao trabalho na sua vida, afim de que possamos fazer o uso adequado do que ele pode nos oferecer.

Ao mesmo tempo, se você é um Steknovista, ou um apaixonado pelo trabalho, assim como eu, nunca deixe de estimular os demais a colher a magia que o trabalho é capaz de nos proporcionar.  

Convido você a deixar seu comentário sobre o que você pensa sobre o assunto trabalho, pois ficam abertas muitas possibilidades de diálogos e aprendizados, onde possamos trocar experiências e construir um mundo melhor juntos. Toda a contribuição será bem-vinda.


#conteudo2#

#htmlPersonalizado#